• Larissa Maciel

ACDP não tem arremate. Advogado explica situação

Sede social do clube virou foco dos bastidores após situação na justiça por dívidas trabalhistas.

Nenhum lance foi registrado - foto: reprodução/site

O processo de leilão da sede social do Potiguar estava marcado para esta quarta (23), no formato online. O valor estimado era de 5 milhões de reais. O clube, apesar de ter tentado evitar este cenário, esperava o desfecho e um possível aproveitamento do montante para quitar dívidas.


A Associação do alvirrubro chegou a esta situação judicial por dívidas trabalhistas. No entanto, não houve arremate. O blog Larissa Maciel entrou em contato com o advogado do caso, Waltency Amorim, que explica:


“Não teve nenhum lance. O imóvel não foi arrematado. Judicialmente, o valor mínimo é de 50% da avaliação (aproximadamente R$ 2.800.000,00).”


Waltency também explica que o clube pode seguir tentando a venda. Nos últimos dias, o imóvel foi oferecido a empresários, mas a localização é pedra no sapato.


“A ACDP pode negociar de forma particular por um preço maior ou menor, a depender da negociação. Judicialmente, somente se for marcado um novo leilão e venha a ser arrematado”.


O Potiguar segue tratando o assunto nos bastidores. Publicamente, o clube não comentou em suas redes de comunicação a negociação.


60 visualizações0 comentário