• Larissa Maciel

América estabelece protocolo médico e aguarda próximo decreto do governo

A grande questão é: todos terão as mesmas condições que ABC e América neste momento?

América e Globo estavam na briga pelo segundo turno com o ABC - foto: Diego Simonetti/América FC

O alvirrubro natalense já vivia a ansiedade para retornar. Afinal, o clube foi um dos que mais reiterou que o campeonato potiguar precisava ser decidido dentro de campo, da maneira correta. Por isso, adiantou o protocolo, mesmo sem saber quando a bola vai rolar no Estado. Por aqui, o decreto segue até o fim de maio para atividades esportivas.


Entre as medidas, o clube destaca que antes do retorno, todos os seus atletas e funcionários serão testados para o novo coronavírus. Além disso, seguindo as recomendações, Equipamentos de Proteção Individual (EPI) estarão à disposição.

Cada atleta passará por um teste 72h antes do treinamento e um novo teste no dia e também devem se deslocar para o CT sozinhos. Adereços, como correntes, alianças e relógios estarão proibidos e o número de componentes da comissão técnica será reduzido.


O que novamente vem à tona com toda a proteção necessária é: todos os clubes do Estado terão as mesmas condições financeiras e de logísticas que ABC e América para lidar com um retorno considerado minimamente seguro?


O Potiguar, por exemplo, desde o início do campeonato fala de suas dificuldades financeiras, visíveis a qualquer pessoa que participe de sua rotina. Decidiu não contratar um treinador nas últimas partidas e vinha buscando alternativas no mercado para melhorar o elenco enxuto.



0 visualização

©2019 by Larissa Maciel. Proudly created with Wix.com