• Larissa Maciel

CBF anuncia mudanças no VAR para o segundo turno. Blog avalia.

Blog opina e informa sobre as novas medidas da CBF pra aumentar ou diminuir o "burburinho" em cada jogo.


Foto: reprodução CBF

Ê, o bendito VAR. Lá vamos nós falar dele novamente. Em meio as estatísticas apontadas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) de que os árbitros que coordenam a ferramenta acertaram 98% dos lances no brasileirão, polêmicas seguem como um bom prato a cada rodada.


Na última então, um pênalti não marcado para o Ceará deu o tom do novo problema entre os clubes. O time, inclusive, solicitou o áudio do jogo como uma forma de entender porque a falta não foi marcada. Ah, a confederação não enxerga como um erro, mas como um lance interpretativo. Um absurdo.


Como uma forma de remediar essas discussões, a nova medida divulgada pela CBF para o segundo turno fará com que o público na TV possa ter acesso as imagens do VAR para as decisões. A ideia é colocar telões em estádios também.


Me lembra o "desafio" utilizado no vôlei, que defendo com veemência. É interessante dar ao público a oportunidade de ver a tomada de decisões e no que a arbitragem se baseia. Os telões no estádio seriam mais do que fundamentais.


Mas de nada adianta acrescentar telões, imagens novas em emissoras se continuar a demora nos lances, as conversas incessantes que diminuem a autoridade do árbitro de campo e até parar o jogo por coisas que poderiam ser resolvidas lá dentro mesmo. Não dá pra ficar picotando por tudo e ignorando o que pode tornar o esporte mais justo.


E é bom que se reforce também: cada nova medida deve vir a contribuir com a ferramenta e não dificultar seu uso e provocar mais bate-cabeça entre árbitros ou mais burburinhos. Será que vai aumentar o "converseiro"?


Acompanhemos.

8 visualizações

©2019 by Larissa Maciel. Proudly created with Wix.com