• Larissa Maciel

Clássico parelho com boa leitura de Fernando Marchiori

América e ABC permaneceram num empate, ainda que bem movimentado, no primeiro jogo da decisão.

Um bom clássico foi acompanhado por mais de 21 mil torcedores na Arena das Dunas, no último domingo (10). O torcedor americano, por sinal, demorou a ver o seu time conseguir engrenar mais no jogo. Peças importantes como Wallace Pernambucano e William Marcílio não conseguiam se sobressair.


O clássico, no entanto, mostrou uma boa leitura para a estratégia montada de acordo com o objetivo do ABC, pelo técnico Fernando Marchiori. Entrando com três zagueiros, o alvinegro natalense conseguiu ocupar todos os setores do campo e usar bem as laterais a seu favor. Também contou com uma tarde iluminada de Kelvin.


Ainda que nos dois tempos o clássico tenha sido parelho e isso ficou ainda mais evidente pelo placar final (2x2), vi um ABC mais coeso em campo. Poderia ter até voltado a frente do placar se não fosse um gol cara a cara perdido por Wallyson, gol que ele não costuma perder.


Quanto a arbitragem, ainda que tenha ficado perdida em alguns momentos de discussão, foi coerente ao marcar o pênalti para o América, uma vez que o jogador recebe a carga nas costas e faz a falta.


Resta esperar pelo jogo de quarta pra ver quem manterá o padrão e vai se sair melhor.

1 visualização0 comentário