• Larissa Maciel

Da praia de Manibu para o Brasil, conheça Bella Souza

A atleta hoje desponta no futsal feminino e comenta como tudo começou.

foto: cedida

Da praia de Manibu (CE) para a seleção brasileira de futsal. Isabelle dedica toda a sua trajetória à família e principalmente ao seu pai que tinha o mesmo sonho e não conseguiu realizar, mas sente o sabor dessa vitória pela filha como atleta profissional. Hoje, Bella Souza está longe de casa, mas vestindo a camisa da seleção brasileira e nos conta um pouco de sua história no projeto Março para Elas.


1- Como começou no esporte?


Comecei jogando bola na praia mesmo lá em Manibú (CE) onde meus pais moram. Mas essa paixão sempre foi de casa mesmo. Meu pai tentou seguir o sonho dele e não conseguiu ir longe, por falta de apoio e naquela época tudo era mais difícil.


2- E quando surgiu a primeira oportunidade de competir?


Eu saí de casa com 15 anos, para ir morar em Natal e ganhei um bolsa pra estudar e jogar pela escola. Deixei meus pais e fui morar sozinha, fiquei até os 17 e vim fazer um teste em Lages Santa Catarina. E fazem 5 anos que moro no sul. Consigo ir pra casa só final do ano.


3- E como foi tudo isso pra você? Certamente, por ser bem jovem, deve ter encarado algumas barreira para lutar pelo seu sonho, né?


No começo foi muito difícil, mas sempre coloca meu sonho a frente e oq me fazia ficar longe de casa. Mas hoje me vejo q sou uma mulher muito forte por ter suportado tudo isso até chegar onde cheguei. E minha família foi fundamental nesse processo.


4- E como está sendo agora? Muitas competições aparecendo? Onde está atuando?


Recentemente fui convocada pra seleção brasileira adulta de futsal agora em dezembro. Hoje faço parte do Barateiro futsal, na cidade de Brusque. Jogaremos a liga agora dia 9/04 nossa estreia.


5- Como é encarar o futsal nacional e principalmente a questão da dificuldade de ser mulher no esporte?


A gente sofre muito preconceito ainda, por ser um esporte dito masculino, mas aos poucos a gente vem conquistando nosso espaço e mostrando pra sociedade que a gente pode tudo aquilo que deseja.


6- E para esta temporada e claro, o futuro, quais são as suas metas, os seus sonhos como jogadora?


Disputar o título da liga, e com certeza estar em mais convocações. E o meu maior sonho hoje é conseguir dar uma vida melhor aos meus pais e me formar.


7- Algum recado para as mulheres que sonham em ter uma carreira como a sua?


Que não desistam do seus sonhos, por mais batalhas que viram pela frente, que somos sempre recompensada pelos nossos esforço

21 visualizações0 comentário