• Larissa Maciel

“Inapto ou não, vai ter eleição. Se não tiver, fica abandonado”, diz presidente da LDM

Marcos garante que vai enfrentar a justiça se for preciso e segue no cargo até novembro.

Marcos enfrenta dificuldades de relacionamento com Potiguar e Baraúnas neste momento - foto: Lucena Filho

A situação envolvendo o Baraúnas e a Liga Desportiva Mossoroense ganhou mais um capítulo. Procurado pela TCM para dar sua versão sobre o caso, o presidente Marcos Ferroviário negou que tenha expulsado a presidente do Baraúnas do Nogueirão, mas confirmou que expulsou um outro integrante do tricolor.


“Não expulsei Bárbara. Na verdade, expulsei um outro dirigente que estava alegando irregularidades da minha administração”, disse.


Quanto ao Baraúnas ter anunciado que vai pedir intervenção judicial da Liga, ele garante não ter medo.


“Temos advogados dos dois lados. Vamos ver como vai ser. Voltei atrás da minha renúncia, decidi ficar pra organizar os filiados. Fiz uma reunião para discutir a situação e o clube não compareceu”.


Já sobre a denúncia do clube de que o CNPJ da LDM está irregular, Marcos confirmou. Disse que está “inapto”. Mesmo assim, avisa que fará a eleição após o término do seu mandato em novembro.


“Já fui procurar uma solução pra isso. Vamos resolver. Agora eu aviso aos clubes, após o fim do meu mandato, vai ter eleição. Se não houver, isso aqui (a LDM) vai ficar abandonado”.

73 visualizações

©2019 by Larissa Maciel. Proudly created with Wix.com