• Larissa Maciel

João Paulo precisa mudar o disco e notar que o trabalho vai bem

Professor, toca o barco! O time está mostrando rendimento. Foque nisso!

foto: Yhan Victor/ACDP

O professor parece estar irritado com as questões logísticas da Série D. É compreensível. Sem campo, o Potiguar precisa transitar por cidades, por novas readaptações, tudo isso influencia, ninguém nega.


Mas desde que o Nogueirão fechou suas portas, o Potiguar conseguiu bons resultados. Venceu o Jacyobá, fez frente ao ABC, atuou bem contra o Itabaiana e tem questões pontuais para ajustar, como a parte defensiva, onde a última linha tem deixado os adversários na cara do gol e a falta de calibre no ataque.


O Potiguar está ali, batendo na porta da zona de classificação. Sim, poderia estar nela há duas rodadas, mas o grupo está embolado e difícil, tem muitas rodadas ainda para a definição.


O que o professor precisa parar é de entrar nessa pilha de contra tudo e contra todos e aceitar os fatos: o trabalho vai bem, mesmo com as adversidades. É hora de tocar o barco, seguir em frente. Nogueirão? Esquece! Viagens? Enfrenta! O time precisa se acostumar mais ao discurso de sangue nos olhos e menos lamentações. Já mostraram que podem sim conquistar a classificação mesmo com tudo que vem acontecendo.


Professor, seu trabalho vai bem, mas foca nos resultados e no desempenho que é melhor. A logística, os bastidores, deixa com a direção. Você identificou cedo a característica de cada jogador e tem usado isso em cada substituição e estratégia de jogo. Mas se você lê o blog, lembra o que cantava a Beth Carvalho: "levanta, sacode a poeira e dê a volta por cima".


A Série D não pode ficar no meio desses lamentos. O Potiguar deve seguir fazendo o seu. O resto, virá.

41 visualizações

©2019 by Larissa Maciel. Proudly created with Wix.com