• Larissa Maciel

Karatê combat confirma potiguar em disputa de cinturão

O lutador potiguar Luiz Victor Rocha vai voltar a disputar o cinturão de campeão do peso-leve do Karatê Combat.

foto: cedida

De assessoria


O lutador potiguar Luiz Victor Rocha vai voltar a disputar o cinturão de campeão do peso-leve do Karate Combat, a maior liga de lutas de karatê do mundo. Luiz Victor terá a aguardada revanche contra Edgars Skrivers, representante da Letônia e atual dono do título mundial da categoria na organização. O potiguar perdeu a luta que valia o cinturão no primeiro confronto entre os dois, em 2019, e agora vai ter a oportunidade de encarar esse desafio novamente.


"A estreia com nocaute no Karate Combat foi com certeza o dia mais feliz da minha vida e na organização, em pouco tempo, ganhei mais dinheiro do que na carreira inteira no karatê esportivo. A derrota na disputa pelo cinturão foi a minha primeira em lutas profissionais e depois dela eu emplaquei quatro vitórias seguidas", explica o lutador.


O confronto entre Luiz Victor Rocha e Edgars Skrivers será exibido na quarta temporada de lutas do Karate Combat com data ainda a ser confirmada pela organização. A transmissão no Brasil é exclusiva do Canal Combate, do Grupo Globo.


"Eu mal posso esperar por essa revanche, que deve acontecer no início de abril. Atualmente sou o recordista de vitórias entre todos os lutadores da liga e o recordista de nocautes entre os atletas brasileiros. Quero ser também o primeiro lutador do Brasil a se tornar campeão do Karate Combat",completa Luiz Victor.


Luiz Victor Rocha foi o primeiro brasileiro a estrear no Karate Combat, em 2018. O "Pitbull", como é conhecido na organização, venceu seis das sete lutas que fez na liga. O potiguar começou a treinar karatê ainda aos seis anos de idade, em 1996. Em 2002 veio o primeiro título de campeão brasileiro, depois entrou para a Seleção Brasileira da modalidade, foi campeão Pan-Americano e Sul-Americano. Luiz Victor também disputou lutas no MMA , tendo um cartel com quatro vitórias e um "no contest" (luta sem resultado), chegando a participar de um combate do Bellator, uma das principais ligas das artes marciais mistas do mundo.

7 visualizações0 comentário