• Larissa Maciel

Manipulação de resultados no Ceará gerou suspensão. No RN, pizza

Equipe enfrentou recentemente o América e empatou em 0 a 0.

foto: Segundo Filmagens / FCF

O caso é curioso: em fevereiro deste ano, a equipe cearense Crato foi suspensa por denúncias de manipulação de resultados a pedido da Federação Cearense de Futebol (FCF) e após decisão tomada pelo auditor presidente do Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol do Ceará (TJDF-CE). Desta história, a goleada sofrida pelo Crato por 9 a 2 para o Atlético-CE no campeonato estadual foi o mais marcante. Para entender melhor a situação toda, clique aqui.


A medida influenciava na participação do Crato na Série D do Campeonato Brasileiro de 2022. No entanto, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) justificou que a vaga permaneceria com o clube porque foi conquistada pelos resultados referentes ao ano anterior. Assim, o Crato está atuando pela D e até já encarou o América de Natal, empatando no último fim de semana em 0 a 0.


Até então, o Crato não se pronunciou nas redes sociais sobre o assunto e segue levando a vida naturalmente em campo, ainda que os torcedores questionem os bastidores no mínimo obscuros e recentes. O caso, no entanto, nos relembra a situação vivida nos últimos anos no futebol norte riograndense que culminou com uma série de denúncias, até feitas por este blog, e finalizou com um posicionamento da Federação Norte Riograndense de Futebol (FNF) afirmando que investigações seriam iniciadas.


Um ano se passou, mais um estadual acabou e a FNF sequer se posicionou sobre o assunto novamente, mostrando ter uma conduta bem distinta da FCF. Dá pra entender porque estamos bem distantes do patamar do nosso estado vizinho.

88 visualizações0 comentário