• Larissa Maciel

O velho Nogueira voltou

De coração, uma alegria imensa ver o nosso estádio querido de volta.

foto: Júnior Xavier

Quando eu chamo de velho, entendam o carinho que sinto. É como se eu falasse de um avô querido meu, cheio de história de futebol tá contar. Um colo de avô disputado que só “a mulestia” por um futebol tão sofrido, mas que não deixa de ser amado.


Hoje esse avô comemora um primeiro afago na sua careca chamada gramado. É, gramado difícil de cuidar esse. Não é pouca coisa não. Mas deverá ser bem tratado pela bola do seu representante hoje no estado. É o que queremos por demais.


Hoje, esse velhinho solta uma bengala antiga. Ah, de verdade. Agora sim. Vai andar de mãos dadas com um novo tutor.


O que queremos é que nunca mais este seja maltratado por quem o quer ver morrer.


Velho Nogueira, ressurja! Nossa eterna paixão. Símbolo do esporte mossoroense e de um povo que ama a sua verdadeira história.


11 de abril de 2020.

24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo