• Larissa Maciel

Pesquisa aponta média de salários dos jogadores de futebol. Interior é outra realidade

Quem vê os números, pode rapidamente lembrar da realidade amadora do futebol potiguar.

Veja a média de salários do futebol - foto: reprodução

Uma pesquisa divulgada pela plataforma CupomValido.com.br mostra a disparidade de salários no futebol brasileiro. Enquanto há a discussão quanto a salários exorbitantes, regados a patrocínios, em média a realidade é outra, principalmente para a maioria da categoria dos jogadores de futebol.


É bom deixar claro que os valores da pesquisa não trazem números de bônus, horas extras, comissões, adicional noturno, periculosidade e insalubridade, por exemplo. A pesquisa aponta que 88% dos jogadores ganham salários de até R$ 5 mil.


Segundo a Tribuna do Norte, com base em dados divulgados pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, na capital, os atletas recebem entre R$ 3.957,62 ao teto salarial de R$ 9.323,23. Média de 4.336,22 por 44 horas semanais.


Em Parnamirim, essa média seria de R$ 1.046,28. Já em Assu, média de 1.098,33.


Não há dados de Mossoró na pesquisa apresentada.


Do blog – Claro, sem contar com os adicionais citados acima, a realidade é outra. Quando chegamos “no interior do interior”, então, piora e muito. Sei de informações de atletas que já atuaram no nosso futebol por R$ 400. Fora as condições da rotina, da precariedade de alimentação que também já foi vista por aqui e muito mais. Não é brincadeira. Bobo é quem pensa que futebol é só lucro.

53 visualizações0 comentário