• Larissa Maciel

Presidente da FNF comenta formato e valor do campeonato

Zé Vanildo ainda diz que não tem condições de investir alto no campeonato estadual de 2022.

Em entrevista a Tribuna do Norte, o presidente da Federação Norte Rio Grandense de Futebol (FNF) comentou as mudanças no campeonato, valor da competição e também as pendências de alguns estádios para receber os jogos deste ano. Vale a pena conferir alguns trechos:


Mesmo sendo o Estadual que irá iniciar mais cedo, nós poderemos sofrer com o estrangulamento de datas?

"A decisão dos clubes de incluir uma fase de semifinais nos dois turnos do Estadual nos gerou o aumento de datas e consequentemente vai fazer com que a FNF tenha alguma dificuldade no ajuste desta segunda parte. A semifinal vai ampliar o leque de oportunidade de classificação para os clubes participantes e irá nos impedir de realizar qualquer antecipação de rodadas para fazer a competição acelerar rumo ao fim. Dentro dessa nova concepção irá ocorrer um interesse maior dentro de cada jogo."


A Federação já tem ideia de quanto deve custar a edição de 2022 do Campeonato Potiguar?

"Essa pergunta seria melhor endereçada se fosse realizada aos clubes, a FNF compete organizar, estruturar e incentivar à prática do futebol. Mas tomando como base a temporada passada, nosso investimento com a competição bateu a casa de R$ 1,5 milhão. Mas em 2022 a FNF não terá condição de realizar um investimento dessa ordem, não temos por conta de uma questão básica. No ano passado a federação não teve receita de jogo nenhum, foi um ano atípico em todos os segmentos da sociedade."


Como estão as demais praças esportivas para receber as partidas do Campeonato Estadual, o que o relatório da FNF mostra neste sentido?


"Em sua maioria todos se encontram dentro da regularidade, mas sempre com a FNF provocando a resolução de algumas dificuldades pontuais como no estádio Edgard Montenegro, em Assu, a questão da iluminação do estádio Barrettão, em Ceará-Mirim. Algumas praças necessitam complementar a vistoria e de alguns laudos, mas a gente sempre espera que até o dia 9 tudo esteja regularizado. Mossoró, que nos últimos anos vinha sofrendo problemas com o Nogueirão, superou essa fase e acredito que não teremos maiores atropelos em relação a competição."


Do blog


Confesso que senti falta de uma pergunta em específico: a sombra da suspeita de manipulação de resultados vinda do ano passado. A Federação diz ter iniciado uma investigação junto a isso, mas também não deu mais respostas e atualizações aos desportistas do andamento das investigações.

37 visualizações0 comentário