• Larissa Maciel

Presidente do Assu esbraveja em áudio: "não faço o que torcida quer"

Pedro Cavalcante parece não se importar com a opinião da torcida assuense.



Pedro Cavalcante vem sofrendo pressão constante nos bastidores. A torcida cobra transparência e enumera erros da gestão do próprio no camaleão do vale que, hoje, sem a punição do Palmeira do Agreste, estaria rebaixado para a segunda divisão.


A pressão aumentou ainda mais após o jogo Força e Luz 0x0 Assu, jogo este que, além de outros, está sob suspeita de manipulação de resultados por lances e quantidade de escanteios, assunto este que já está nas mãos do Ministério Público e da Justiça, encaminhado pela Federação Norte Riograndense de Futebol (FNF).


No áudio, Pedro deixa claro que não liga para opinião do torcedor e ainda debocha.


Veja o texto da torcida que também circula contra a gestão Pedro Cavalcante:


"Desde que assumiu a presidência da Associação Sportiva Sociedade Unida (ASSU), o empresário Pedro Cavalcante tem acumulado péssimos resultados e polêmicas dentro e fora de campo. Diante da má fase, a torcida do Camaleão do Vale, sobretudo a organizada Jovem Garra Alviverda (JGA), não poupa críticas direcionadas ao presidente e sua diretoria.


Em 2020, o ASSU venceu apenas 1 partida, empatou 6 e sofreu 7 derrotas. Neste ano, o torcedor ainda tinha a esperança das coisas melhorarem, devido aos belos discursos do presidente Pedro Cavalcante e seus companheiros. Porém, o clube trocou de técnicos várias vezes em uma competição de tiro curto, contratou e dispensou inúmeros jogadores, terminando num amargo rebaixamento dentro de campo, mostrando a fragilidade na administração e falta de planejamento.


Fora das quatro linhas, o Camaleão do Vale conseguiu se manter na 1ª Divisão do Estadual, pois o Palmeira do Agreste foi punido pelo TJD/RN com a perda de 12 pontos. Além disso, é importante ressaltar a pífia campanha do ASSU neste ano, já que o clube sofreu goleadas humilhantes na competição, sendo 4 a 0 para o modesto Força e Luz, 5 a 0 para o Globo, 6 a 0 para o ABC e 4 a 0 para o América.


De acordo com a Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF), através do Twitter do presidente José Vanildo, os clubes do Campeonato Potiguar serão investigados pelo Ministério Público devido a suspeita de manipulação de resultados em várias partidas, já que os resultados supostamente fizeram parte de esquemas de corrupção que favoreceram financeiramente pessoas ligadas aos clubes (atletas, empresários, diretores, entre outros), inclusive o jogo de ontem entre Força e Luz e ASSU, válido pela 6ª Rodada do 2º Turno que aconteceram 19 escanteios apenas no 1º tempo.


Nas redes sociais, a torcida do Camaleão do Vale protesta com o movimento #ForaPedro que está tomando grandes proporções a nível local e estadual. O ASSU disputa a última partida oficial no ano 2021 na próxima quinta-feira contra o ABC, às 15h00, no Estádio Frasqueirão em Natal."

81 visualizações0 comentário