• Larissa Maciel

Que silêncio, dona FNF!

Federação mais uma vez se omite com assuntos polêmicos do campeonato. Até quando tal postura?

foto: reprodução

Até agora nenhum "pio" da Federação Norte Rio Grandense de Futebol (FNF) quanto a entrada das seis pessoas vetadas do Globo em campo na final. O fato foi relatado em súmula pelo árbitro Alciney Santos e, até então, ninguém da FNF se pronuncia em nota oficial.


Apenas o promotor Luiz Eduardo Marinho, do Ministério Público, falou grosso e com razão quanto ao fato. Se estas seis pessoas, por protocolos sanitários, estavam vetadas da participação na final, por que permitiram a entrada? Por sinal, tiraram fotos aglomeradas e sem máscara.


A Federação, ao silenciar por horas, mostra que desrespeita seus próprios protocolos e o quanto a omissão é sua farda principal. Falo isso não apenas por essa polêmica, mas também desde a sua origem. Também pelo silêncio quanto a investigação de manipulação de resultados. Até quando tal posicionamento?


Vale lembrar que, na final, o presidente não esteve presente. Estava em viagem à Brasília.


O Globo é o campeão, com merecimento, que fique dito. Mas é preciso responder pelo que aconteceu na final.


Posicionamento da FNF compartilhado para outros profissionais de imprensa:


"A FNF vai encaminhar as informações sobre todo o ocorrido na partida entre ABC e Globo, pela decisão do Campeonato Nota Potiguar, em especial sobre a presença de atletas e membro da Comissão Técnica do Globo, que mesmo tendo apresentado teste positivo para Covid-19 estavam presentes no campo durante a comemoração da equipe, conforme relatado na súmula do jogo pelo árbitro da partida, para o Tribunal de Justiça Desportiva e o Ministério Público, para que possam apurar e aplicarem as punições cabíveis."

35 visualizações0 comentário