• Larissa Maciel

Quem é Rômulo Ribeiro, novo vice presidente do Baraúnas

Empresário, ele chega no clube para ajudar na ativação das categorias de base e novos projetos pelo acesso.

foto: reprodução TCM

Após a eleição da nova diretoria do Baraúnas na última sexta (29), o torcedor reconheceu facilmente Marcos Maia, uma vez que já é cara carimbada do clube há anos. Digamos assim, Marcos Maia já faz parte da "velha" guarda do tricolor. No entanto, uma novidade foi a chegada do empresário e farmacêutico Rômulo Ribeiro à vice presidência. Como uma forma de apresentá-lo nesse novo cenário do futebol mossoroense, o blog Larissa Maciel fez cinco perguntas ao novo vice do leão.


1- Quem é Rômulo Ribeiro?


Sou um jovem sonhador, empreendedor, que gosta de desafios. Natural de Messias Targino, aos 13 anos fui morar na casa do estudante de Mossoró para estudar pelo ensino médio, depois fui morar na casa do estudante em Natal. Entrei na universidade, fiz a faculdade de farmácia. Sou farmacêutico bioquímico, sou servidor público e tenho 33 anos de idade.


2- como surgiu a identificação com o Baraúnas? Desde quando?


Como amante do futebol que sou a minha identificação com o Baraúnas surgiu há mais de 15 anos, quando amigos e parentes falavam do clube quando estava na Copa do Brasil, que o nosso clube estava fazendo sucesso na região e hoje me considero um torcedor fanático.


3- Quais são os seus projetos dentro do clube?


Meu principal projeto é subir o time e buscarmos uma classificação para Série D e Copa do Brasil. Com isso, fortalecemos o time e, paralelo a isso, vamos fazer o trabalho de base, colocar o time sub-15, 17 e 20 para começar a competir em competições nacionais. Também é um projeto nosso, junto ao presidente Marcos Maia e toda a diretoria, adquirir um ônibus para o clube e já está em andamento.


4- Como você atua como empresário dentro do futebol?


Trabalho com atletas de quatorze e quinze anos. De acordo com a Lei Pelé, conseguimos alojar esses atletas nos clubes formadores credenciados pela CBF. Isso eu fiz no Fortaleza, no Ceará e em outros times do Brasil na Série A também.


5- Como alavancar o Baraúnas para este ano e pelo acesso?


Vamos alavancar o Baraúnas com um time forte, competitivo, bem treinador e com o apoio da nossa torcida que será o nosso décimo segundo jogador. Com certeza teremos sucesso.


Do blog:


Há dias falava aqui que o futebol mossoroense precisa de sangue novo e modernização. No Potiguar, vemos novidades com a chegada de Márcio Mossoró. No Baraúnas, Rômulo é uma nova cara, um novo perfil para ajudar na condução do clube. É esperar para ver a sua forma de atuação. Mas, de toda forma, o primeiro passo é deixar as portas abertas para quem quer contribuir, inovar, chegar com novas ideias. Imagino que novas ideias não faltarão. Agora é ver como serão executadas.


Sorte e competência à nova gestão.

119 visualizações0 comentário