• Larissa Maciel

Técnico do Aeroclube participa do Roland Garros e Wimbledon

De assessoria de imprensa.

foto: cedida

Praticamente uma vida inteira nas quadras. Mais de três décadas dedicadas ao tênis, como atleta e técnico. Experiência é um ponto forte no currículo de Gonçalo Fischer, catarinense de 38 anos radicado em Natal, mas que está sempre pelo mundo por causa do esporte.


Nesse momento, Gonçalo está em Paris, no Roland Garros, acompanhando um dos 50 melhores tenistas do mundo: o gaúcho Marcelo Demoliner, de 32 anos, que está participando de torneios pela Europa. “Já levei atletas mais jovens para competições na França”, conta o técnico do Aeroclube. “Mas é a primeira vez que viajo com um tenista profissional ranqueado entre os 50 do mundo para os maiores torneios profissionais que existem”, completa.


Gonçalo diz que o contato com Demoliner é antigo. “Treinei ele durante cerca de 3 anos, quando ele disputava o Circuito Infanto Juvenil Brasileiro. Agora em maio, recebi um novo convite para treiná-lo e aceitei”. Os próximos dois meses serão de muito trabalho com o gaúcho, que disputa quatro competições no Velho Continente, entre elas o Roland Garros e Wimbledon. A disputa em Paris é uma das mais tradicionais e importantes da modalidade no mundo.


"É um momento histórico pro tênis potiguar, e especialmente pro Aeroclube, que está investindo bastante no esporte e só tem a ganhar com essa vivência de Gonçalo", diz Matheus Moreira, gestor esportivo do clube.


Gonçalo volta a Natal em meados de julho, trazendo muita experiência na bagagem. "Estou convivendo e conversando com os melhores treinadores, preparadores físicos e jogadores do mundo. Vivenciando na prática o que está sendo feito de mais atual no tênis mundial", comemora.


De assessoria

12 visualizações0 comentário