• Larissa Maciel

Time da segunda divisão do RN é o primeiro vegano do Brasil

O clube trabalha com políticas ligadas ao veganismo, mas sem obrigatoriedade.

Matéria do blog Marcos Lopes


O Clube Laguna é o primeiro time de futebol profissional vegano do Brasi e vai disputar a Segunda Divisão do Estadual de 2022. O Laguna é também o primeiro clube SAF no Rio Grande do Norte.


O fundador é Gustavo Nabinger que foi jogador de futebol e tem outros dois sócios que também são veganos. Os jogadores não precisam obrigatoriamente serem adeptos do veganismo, mas toda alimentação e suplementação segue a filosofia vegana.


Vale destacar que o Clube Laguna será o segundo clube de futebol vegano do mundo. O primeiro é o Forest Green Rovers, localizado na Inglaterra.


Saiba mais


O fundador relatou ao site https://veganbusiness.com.br/ que a iniciativa teve a primeira semente num projeto social em 2011, junto com a vontade de ver um clube profissional tratando o futebol como entretenimento e ferramenta de impacto socioambiental.


“Desde o começo de 2021 passamos a estruturar a empresa, com o desenvolvimento do plano de negócios, estudos de mercado, etc. Agora o clube está filiado a Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF) e é a primeira Sociedade Anônima do Futebol (SAF) do Rio Grande do Norte”, esclareceu.


O Clube Laguna se considera uma startup de impacto socioambiental através do entretenimento, com o futebol sendo seu principal produto. Algumas formas que pretendem causar impacto são ações alinhadas com seus valores:

  • Conectar atletas, entidades e comunidade.

  • Fazer ações de sustentabilidade e projetos sociais.

  • Fazer eventos dentro da comunidade.

  • Ações com patrocinadores e parceiros.

  • Educação e conscientização dos atletas.

  • Usar as mídias sociais de forma intensa.

A fase de estruturação contou com a contratação de uma equipe de consultoria em 2021 para realizar os sprints de negócios, bem como outra para fazer o branding.


“Simultaneamente, realizamos estudos de mercado, localização, mapeamento de atletas em potencial e profissionais para o corpo técnico”, adicionou Gustavo.


Após isso, entre o final de 2021 e começo de 2022, organizaram a parte jurídica e contábil com um escritório de advocacia e de contabilidade, com o objetivo de criarem a SAF: “Juntamente com uma consultoria financeira projetando os próximos 10 anos. O passo seguinte foi a abertura da empresa, a primeira SAF do Rio Grande do Norte, segunda do nordeste, e a consequente filiação do clube a FNF”, continuou.


O Clube confirmou sua participação no Campeonato Potiguar de Futebol — Segunda Divisão (previsto para o início de outubro), com planos de iniciar os treinamentos na segunda quinzena de agosto.


68 visualizações0 comentário