• Larissa Maciel

Tite bate o martelo sobre a capitania da seleção brasileira


Foto: reprodução

No discurso da convocação, parecia que Tite poderia deixar a faixa de capitão com Neymar, considerado a “estrela maior” do time canarinho há anos. A chegada de apresentação do jogador à granja Comary adiantou a conversa sobre a capitania.


E não é que o Tite decidiu tirar a faixa do atacante? Paizão do jeito que é, protetor e até considerado paneleiro, o técnico optou pelo experiente lateral Daniel Alves para a liderança do time na Copa América. Na visão do blog, escolha bem acertada.


Não pelo nome de Daniel Alves em si, mas a “mini punição” dada a Neymar. Fato é que ao tirar a faixa de capitão do jogador, Tite faz sua jogada: blinda ele e o camisa 10 de possíveis novas polêmicas.


Neymar foi comunicado assim que chegou a concentração dos convocados. Já “Dani Alves”, soube no domingo.


O Brasil estreia contra a Bolívia, no dia 14 de junho, uma sexta-feira.

4 visualizações

©2019 by Larissa Maciel. Proudly created with Wix.com