• Larissa Maciel

Vereador comenta interesse pelo Baraúnas como clube empresa

Isaac da Casca comenta como ajudaria o clube e diz que apoiaria a atual gestão.

Vereador deu entrevista exclusiva a TCM - foto: frame/reprodução

O blog Larissa Maciel noticiou com exclusividade durante a semana o interesse do vereador Isaac da Casca de contribuir com o Baraúnas, seja como investidor ou até gestor do clube. Isto aconteceria através da junção de empresários, políticos e até ex-dirigentes do clube que tinham o objetivo de colocar na mesa uma chapa para as eleições marcadas para o dia 29 de abril.


O tricolor se posicionou alegando que não há tempo hábil para uma nova chapa, tendo em vista que os candidatos precisam estar associados pelo menos 30 dias antes do pleito. Passado isso, confirmando as informações trazidas pelo blog, o vereador comentou a sua visão em entrevista também exclusiva à TCM HD.


"Tivemos uma reunião com um grupo de empresários e o nosso interesse era contribuir com o futebol, com o Baraúnas, já que eu já tenho atuação em projetos sociais aqui da cidade. Participei da reunião e o interesse era fazer o Baraúnas funcionar, voltar ao nosso cenário do futebol com força", explicou.


Isaac também confirma que tinha interesse em presidir, mas concorda que não há tempo hábil.


"Sim, tinha a pretensão, mas não tivemos tempo hábil. Ainda sim, é possível contribuir. Ajudaria a atual gestão sem problema algum, já que o interesse é ajudar o nosso futebol, o leão, como chamam".


Quanto ao projeto de clube empresa, ele lembra exemplos próximos aqui na região e cita que isso poderia ser um novo norte para o time.


"Temos conversado e a nossa intenção do projeto de clube empresa é baseada em exemplos como o Globo, lá de Ceará Mirim, também o próprio Uniclinic, do Ceará, trazer isso para o Baraúnas. Garantir o pagamento dos jogadores que viessem em dia, todas as contas em dia, como deve ser".


Novas informações obtidas pelo blog Larissa Maciel também apontam que o vereador foi convidado a contribuir com a chamada Toca do Leão, ou simplesmente AFASAM. A contribuição ao projeto pode acontecer. Resta ver se ele terá espaço para contribuir com o clube e as pretensões quanto a segunda divisão.

100 visualizações0 comentário